Entrevista com Guillaume Bourgogne

Realizada em 11/05/2010 por Maurício Ayer e Juliano Abramovay Você acompanhou o grupo nos primeiros concertos, sendo o primeiro regente convidado da Camerata Aberta. O que você pensa das possibilidades do grupo como formação instrumental? O efetivo escolhido corresponde ao projeto do conjunto, pois é um ensemble de solistas: só há um instrumentista por naipe, … Continuar a ler