Camerata Aberta propõe diálogo entre música e espaço em única apresentação no Sesc Belenzinho

Sob regência de Guillaume Bourgogne, grupo de música contemporânea explora a projeção digital de espaços sonoros e a ocupação diferenciada da sala em concerto no dia 13 de dezembro; repertório reúne composições contemporâneas e renascentista

 

Após turnê em Nova Iorque, Bruxelas e Amsterdã, e gravação de seu primeiro CD – que será lançado pelo Selo SESC em 2012, a Camerata Aberta encerra temporada 2011 com uma apresentação inusitada. Músicos espalhados em volta da plateia, espacialização digital e orquestras de alto-falantes são alguns dos recursos que serão utilizados no concerto intitulado Espaços, que o grupo apresenta no dia 13 de dezembro, terça-feira, às 21 horas, no Sesc Belenzinho.

Sob regência de Guillaume Bourgogne, o repertório traz, além de obras contemporâneas, especialidade da Camerata Aberta, uma composição do veneziano renascentista Giovanni Gabrieli. “Selecionamos dois de seus chamados Coros duplos [apresentada em versão orquestrada por Bourgogne], compostos na Renascença, quando já se utilizava o recurso da estereofonia”, explica o diretor artístico da Camerata Aberta, Sérgio Kafejian. Na obra La novità del suono, o brasileiro Flo Menezes, que recebeu em 2007 o GigaHertz, um dos principais prêmios de música contemporânea da atualidade por esse trabalho, também explora esse recurso com a utilização do PUTS, orquestra de 16 alto-falantes do Studio PANaroma/UNESP que é disposta ao redor do público e permite projetar e moldar espaços sonoros na sala de concerto, proporcionando experiências únicas aos ouvintes. A base das obras é uma octofonia (difusão em 8 canais) expandida.

Sonneries de Cantenac, de Fabien Lévy, abre o concerto ainda na parte externa do teatro, durante a entrada do público. A obra foi desenvolvida para que os músicos não estejam visíveis ao público ou fiquem em movimento, por entre a plateia. Para que essa mobilidade seja possível, os músicos podem ficar com a partitura em um smartphone anexo ao seu instrumento e um software (Maestro) permite que a partitura corra conforme a música é tocada.

Os Coros duplos de Gabrieli serão tocados na sequência, com os músicos dispostos em volta da plateia, seguida de L’harmonie des sphères, de Allain Gaussin. Nessa obra, a ideia de espaço aparece no modelo composicional, que traz simetrias ligadas ao tema. O título (a harmonia das esferas), emprestado de Pitágoras e Kepler, remete ao aspecto poético e metafórico dos pensamentos destes matemáticos. A obra traz à tona a cinética dos corpos celestes, seus movimentos de rotação e as várias linhas geométricas que desenham no universo.

 

As duas obras seguintes fazem uso de recursos eletroacústicos, e serão instalados até 16 alto-falantes em volta do público para a difusão de sons ora captados e transformados em tempo real durante a performance dos instrumentistas, ora preparados previamente em estúdio. Timshel, de João Pedro Oliveira, foi inspirada no romance A Leste do Éden, de John Steinbeck. Timshel (palavra hebraica que significa “tu deves…”) se relaciona à capacidade de escolha dada aos seres humanos. Já La novità del suono, de Flo Menezes, foi encomendada pelo Ensemble Orchestral Contemporain de Lyon. O título refere-se a uma frase de Dante Alighieri, com a qual o poeta descreve a deslumbrante experiência ao ouvir novos sons no Paraíso, em A Divina Comédia.

 

O encerramento fica por conta de Estudo sobre os Arrependimentos de Velázquez, composta por Marcílio Onofre. A forma da peça é construída a partir da sobreposição de estruturais musicais com similaridades timbrísticas e seus momentos de defasagens e transformação.

Camerata Aberta

Data: 13 de dezembro (terça-feira), às 21h

Local: Sesc Belenzinho

Endereço: Rua Padre Adelino, 1.000 – Belenzinho – São Paulo

Capacidade: 400 lugares

Faixa etária: livre

Ingressos: R$ 20,00 – (inteira)

                 R$ 10,00 – (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante)

                 R$ 5,00 – (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: